9.7.17

F


Todos me forçam para seguir em frente. Todos me aconselham que encontrar um novo amor é a chave para esquecer mas ninguém percebe o quão eu só quero estar sozinha, o quão magoada ainda estou. Pensar em ti continua a fazer o meu coração doer, continua a relembrar-me da confiança que tinha em ti e que tu aproveitaste. E sinceramente, não quero que mais ninguém tenha a oportunidade de me ferir. Talvez até nem fosse essa a tua intenção mas, no fim, certamente sabes que o fizeste. Era evidente o quanto te queria, o quanto tomaria a tua palavra como certa ao invés de qualquer outra. E sempre soubeste que o meu único objetivo era ficar contigo. E olha, nem sei porque estou a escrever isto. Ou porque estou a escrever sobre ti sequer. Porque é que ainda mexes comigo? Porque é que continuo a querer saber? Tu seguiste com a tua vida, tu tens outra rapariga… Mas não consigo simplesmente fingir que está tudo bem quando os teus gostos ou o pedido de amizade me fazem querer-te, quando provam a mim mesma o quão ainda tenho sentimentos por ti. E é por isso que tive de carregar no “Eliminar pedido” porque, por uma vez, tenho de me escolher a mim ao invés de ti, mesmo que provavelmente não seja nada. Gostava de poder dizer que foi fácil, que não me debati, mas não dá para imaginar o quanto eu queria aceitar. Mas não posso… Apenas não posso…

~ 0 ♥: ~

~ Enviar um comentário ~

comenta (:

+

Seguidores

Espreitadelas:

α♥. Com tecnologia do Blogger.

♥ em letters

.

⇨ facebook

⇨ tumblr

⇨ SEGUE