19.8.16

Vamos ficar bem.


É estranho. Terrivelmente estranho pensar que estive os últimos três anos da minha vida na mesma sala de aulas que tu. Quase todos os dias, passei por ti. Dia após dia, convivi contigo. E nem por um segundo pensei que iríamos chegar a este momento.
Desde o começo que todas as probabilidades estavam contra nós. Toda a gente me avisava quanto a ti, todos diziam que não devia tentar. E sinceramente, até eu acreditava nisso. Não esperava nada de ti e tentava a todo o custo rejeitar os meus sentimentos. Pressentia que estava a cometer um erro tão grande, que me ias magoar de tal maneira. Mas quanto mais tempo passava contigo maior era a minha vontade de voltar a encontrar-te. E eu nunca fui de desistir. Tinha de arriscar, tinha de saber se valerias a pena. Desse modo, recusei todos os conselhos e resolvi conhecer-te como nunca tinha feito durante todos estes anos. Deixei que contasses o teu lado das histórias e permiti-me a mim mesma acreditar na tua versão. E sabes que mais? O meu coração já era teu mesmo quando ainda achava que o ias destruir. Era incrível a forma como me fazias sentir nervosa antes de me encontrar contigo ou a intensidade com que desejava que me mandasses mensagem. Eras a última pessoa que imaginei para mim e, afinal, sempre estiveste mesmo à minha frente. E apesar de termos começado com o pé errado, finalmente acabaram as discussões e não me podia sentir mais feliz. Vamos ficar bem.
Aguardo pelo teu regresso meu amor. Que estes últimos dias passem a voar porque eu sinto desesperadamente a tua falta.Quero entrelaçar os meus dedos nos teus e sentir-me tua. Quero ouvir o som da tua voz quando dizes que me amas. Quero jogar sueca contra os teus amigos e ganhar. Tenho saudades de tudo. Saudades do teu cheiro. Dos teus ataques de beijos. De te abraçar com força. De tudo. Volta depressa.

~ 0 ♥: ~

~ Enviar um comentário ~

comenta (:

+

Seguidores

Espreitadelas:

α♥. Com tecnologia do Blogger.

♥ em letters

.

⇨ facebook

⇨ tumblr

⇨ SEGUE